Jornal britânico terá que indenizar Elton John por difamação

Registro do show do cantor em Porto Alegre, em abril do ano passado | Foto: Ricardo Giusti / CP Memória

O cantor britânico Elton John e seu marido, o cineasta David Furnish, receberão uma indenização por difamação do jornal “The Sun”, que exagerou ao noticiar sobre um incidente envolvendo o cachorro do casal. Em fevereiro de 2016, o tabloide britânico publicou na primeira página a notícia de que o cachorro do casal tinha atacado uma menina de cinco anos, causando ferimentos que a deixaram parecida com o personagem Freddy Krueger, do filme de terror “A Hora do Pesadelo”.

A publicação alcançou grande repercussão em outros veículos de comunicação, e o casal processou o grupo midiático Mirror Group Newspapers, ao qual pertence o jornal. A advogada de Elton John e Furnish, Jenny Afia, argumentou as que os ferimentos sofridos pela criança não foram graves e que as afirmações do jornal eram “falsas e seriamente difamatórias”. Afia relatou que a história publicada falava sobre um “sério ataque” e que tanto o cantor como o marido não tinham se preocupado com o estado de saúde da menina, apesar de saberem do ocorrido.

Essa narrativa foi negada pela advogada, que explicou que “os ferimentos não eram graves” e que seus clientes, “longe de ignorarem o incidente”, perguntaram em diversas ocasiões como a menina estava. “Em todas as vezes confirmaram que a menina estava bem”, garantiu Afia, que mostrou satisfação após o jornal ter aceitado “inequivocamente” que as informações eram falsas. O jornal pedirá desculpas ao casal e deverá pagar uma indenização por difamação, além de reembolsar o custo processual.

*Correiodopovo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *